adiós, tv de tubo

Em agosto a Panasonic produziu os últimos televisores de tubo (CRT) no Brasil.

A empresa japonesa, que produzia os aparelhos em três linhas na fábrica de Manaus (AM), já adaptou todas as linhas para a produção de televisores de plasma e de LCD (Liquid Cristal Display). A nova estrutura visa atender a produção dos novos aparelhos que devem chegar ao mercado até o final do ano. A linha da multinacional, que já conta com dois modelos de plasma e dois de LCD, deve ganhar três aparelhos com sincronizadores de sinal digital – todos de plasma – além de um modelo de LCD, totalizando dez aparelhos. 

De acordo com Daniel Kawano, analista de produtos da Panasonic, a empresa interrompeu a produção de tubo porque o valor agregado das TVs de plasma e LCD compensa o volume de vendas dos aparelhos de CRT. A mesma estratégia foi adotada por outra japonesa, a Sony, que deixou de produzir TVs de tubos no final do ano passado. Em valor, até julho, as vendas de plasma e LCD já ultrapassaram as vendas de tubo. No entanto, em volume, tubo ainda representa 80% do mercado. Segundo a Suframa, até julho, as vendas de plasma e LCD somaram US$ 1,208 bilhão, enquanto CRT chegou a US$ 1,004 bilhão.

Será que vou ter que fazer isso com a minha tevezinha? Coitada…

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: